Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Instituto Municipal Nise da Silveira

Rua Ramiro Magalhães
521
Centro de Documentação e Memória / Centro de Estudos
Engenho de Dentro
20730460
Rio de Janeiro
RJ
31117434
centrodememoria.nise@gmail.com
09h às 16:30h
Eventos:
  • Exposição, 03 a 28 de junho de 2019, De segunda à sexta-feira, das 09h às 16h., Memórias da Loucura: trajetórias e desconstrução do hospício Estas vidas, por que não ir escutá-las lá onde falam por si próprias? (FOUCAULT, M. O que é um autor?) A exposição “Memórias da Loucura: trajetórias e desconstrução do hospício” apresenta uma linha do tempo da história da loucura no Rio de Janeiro, perpassando desde a construção do primeiro hospício da América Latina, em 1852, o Hospício de Pedro II, até suas instituições sucessoras: o Hospício Nacional de Alienados (1890), Colônia de Alienadas do Engenho de Dentro (1911), Centro Psiquiátrico Nacional (1944), Centro Psiquiátrico Pedro II (1965), até chegarmos à desconstrução hospitalar do Instituto Municipal Nise da Silveira (2000). A cronologia é desenhada, tanto a partir dos acervos arquivísticos, museológicos e bibliográficos custodiados pelo Instituto, quanto pelas experiências de resistência e cuidado contemporâneas, orientadas pela luta antimanicomial, norte da Reforma Psiquiátrica Brasileira. Tais fontes refletem a história de diversas instituições e atores sociais que integram a história da loucura e dos saberes a ela relacionados, desde meados do século XIX até os dias atuais. Passado e presente são retratados através de registros históricos textuais, periódicos, audiovisuais, fotografias e esculturas, que passam da construção à desconstrução do Hospício, atravessando diferentes contextos, concepções e respostas ao entendimento sobre a loucura a cada época.
Fim do conteúdo da página