Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Centro de Memória e Documentação da Unesc - CEDOC

Av. Universitária
1105
Universitário
88806000
Criciúma
SC
48 34312740
cedoc@unesc.net
8h as 12h e 13h as 17h
Eventos:
  • I Amostra Audiovisual do CEDOC/ UNESC – Histórias e Memórias, 04/06/2019, 19h às 22h, A I Amostra Audiovisual do CEDOC/ UNESC, têm como objetivo, a divulgação de produções audiovisuais que estejam relacionados com a temática “Histórias e Memórias” em diferentes contextos.
  • Exposição: Memórias de um rio em agonia., 03 a 08/06 de 2019, 08h às 22h, A exposição “Memórias de um rio em agonia”, pensada a partir dos acervos do CEDOC/ UNESC, tem como objetivo, problematizar o processo de urbanização e suas consequências para o meio ambiente. A cidade de Criciúma, localizada no sul de Santa Catarina foi, ao longo de sua trajetória história, sendo construída sobre o rio de mesmo nome, comprimindo suas margens e tornando-o invisível aos olhos dos transeuntes. Gradativamente, o rio Criciúma foi sendo apagado da paisagem enquanto a cidade crescia sob o prisma do “desenvolvimento” e do “progresso”. Desse modo, por meio de imagens fotográficas, recortes de jornais, depoimentos orais, audiovisuais e mapas/plantas, a exposição busca retratar o rio em seu estado de agonia ao mesmo tempo em que abre espaço para sua ressignificação.
  • Minicurso – (Des) Construindo Narrativas., 05 e 06/06 de 2019, 19h às 22h, O minicurso “(Des) Construindo Narrativas”, propõem, a partir de conceitos como memória, identidade e patrimônio, uma reflexão acerca dos processos de constituição de narrativas por meio das fontes documentais que, muitas vezes, constroem figuras de “mocinhos” e “bandidos”. Ministrante: Prof. Me. Paulo Sérgio Osório
  • Oficina – Caderno de Memórias, 05 e 06/06 de 2019, 19h às 22h, A oficina, que será realizada nos laboratórios do CEDOC/ UNESC, tem por objetivo fazer uma exposição acerca dos trabalhos realizados pelo Centro de Memória e Documentação como espaço de ensino e pesquisa e seu papel na defesa do direito à memória. Na sequencia, os participantes serão chamados a construir seus próprios cadernos de memórias, como forma de reflexão a cerca da importância e da necessidade da preservação e conservação dos acervos documentais, portadores de memórias. Ministrantes: Selma Tereza Leepkaln Dassi e Liziane Acordi Rocha
Fim do conteúdo da página